Contatocontato@institutomaxweber.com.br
+55 71 3035-0212 | 71 3035-1222

Business
Intelligence,
é o nosso negócio.

Raio X

No balanço final realizado no setor de franquias a respeito do ano de 2014, os números refletem por que este é o modelo de negócio mais escolhido pelos novos empreendedores para entrar no mercado e pelos empresários mais experientes para expandir: faturamento de 127 bilhões de reais, 1.096.859 empregos diretos gerados e 125.641 pontos de venda em todo o país. Para tratarmos de um modelo de negócio tão dinâmico e inovador como esse, dividimos a nossa área de franquias em dois focos diferentes: franquias para o franqueador e franquias para o franqueado.

Para o
franqueador.

Recursos financeiros subsidiados

O que você acha de a sua rede crescer de maneira sustentável, com todos os novos empreendimentos já financiados por uma Instituição de fomento, mitigando o seu risco não ter fôlego financeiro para implementar e tocar a operação?

O Instituto Max Weber desenvolve o que chamamos de “projeto-mãe” junto ao Banco do Nordeste, deixando pré-aprovado todo o escopo da operação, orçamentação padrão das suas unidades em relação à construção civil, máquinas e equipamentos. Isso deixa, obviamente, o processo mais célere, assertivo e, principalmente, mais atrativo para empreendedores que desejam realizar o investimento.

O Instituto Max Weber viabiliza o recurso subsidiado a uma taxa de 7% ao ano pré-fixada, com prazo de até dez anos de pagamento e carência de até dois anos. Dessa forma, atendemos a todas as necessidades do empreendedor de franquias, tornando o negócio sustentável e com alto potencial de crescimento.

Estratégia
com foco em
crescimento

O crescimento de uma empresa enquanto ela ainda é de pequeno porte depende, basicamente, da qualidade do seu produto e do seu crescimento em relação ao mercado (aplica-se aqui o conceito de market share enquanto quota de mercado que uma empresa tem no seu segmento ou no segmento de um determinado produto e que avalia a força e as dificuldades desta empresa, além da aceitação dos seus produtos).

Para que uma grande empresa continue a crescer, por outro lado, ela precisa se renovar e realizar constantemente auto avaliações, buscando, nos detalhes, novos booms de crescimento. Um planejamento estratégico sempre atualizado, um plano de expansão realista e ousado e uma gestão de marketing estratégica – pautada nas novas relações de consumo – são três exemplos de como a inteligência em negócios pode ser aplicada aos detalhes de uma grande corporação.